Tamanho original

Realizações da Gestão 2019-2020

Comunidades

Combate à Corrupção: presidente da ACESPA participa de evento sobre divulgação de dados do PNPC

 

Nove de dezembro é o Dia Internacional de combate à corrupção. A ACESPA vem acompanhando seminários e eventos sobre métodos para combater fraudes em instituições municipais, estaduais e federais. As iniciativas envolvem os três poderes: Executivo, Legislativo, e Judiciário. As ações são promovidas por órgãos de controle externo. A presidente da associação, a adm. Rita Eloy, participou nesta quarta-feira, dia 08, de evento organizado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e Controladoria-Geral da União (CGU) sobre a Divulgação de Dados referente aos Resultados do Programa Nacional de Prevenção à Corrupção (PNPC).

 

De acordo com especialistas, os reflexos da corrupção no Brasil são sentidos pelos cidadãos e acarretam impactos na saúde, educação e outros serviços. A razão é que valores essenciais para esses setores são desviados em razão da ausência de controle na administração pública. A pesquisa demonstra que ainda é incipiente o combate à corrupção nos diversos órgãos públicos da Nação.

 

Os palestrantes falaram que aumentou a adesão de órgãos públicos ao levantamento. O que já propiciou levantar ou diagnosticar se tais instituições possuem mecanismos adequados de combate à corrupção. A pesquisa consegue mapear também se as organizações possuem procedimentos, normas ou algum método de controle. O objetivo seria detectar fraudes internas, fragilidades nos sistemas de licitações, ausência de critérios técnicos para escolha de chefias com perfil e conhecimento adequado, desvio de conduta. É fundamental que essas organizações tenham canais de denúncia e políticas estabelecidas para evitar conflitos de interesses, entre outros problemas encontrados de forma sistemática.

 

A adesão busca atingir todas as instituições públicas do Brasil, pois foi ressaltado que somente com estes diagnósticos, os gestores terão a visão real das organizações. Com isso, vão poder ser implantadas políticas de combate à corrupção. Os especialistas destacam a importância do “olhar para dentro da organização”, de forma franca e transparente, já que para atingir um gerenciamento completo é necessário realizar o diagnóstico amplo dos órgãos.

  

Esta pesquisa, ainda de acordo com os estudiosos, mostrou uma dura realidade. O Brasil ocupa a   94º posição entre 180 países, quando o assunto é combate à corrupção. Desta forma, temos um longo caminho a percorrer para atingirmos um índice de transparência adequando com os conceitos internacionais.

 

Os palestrantes mencionaram que a transparência é crucial no avanço do combate à corrupção. Eles apontaram que países que tiveram sucesso nesta batalha ampliaram as ferramentas de divulgação de dados internos das instituições públicas.

 

Os pesquisadores aproveitaram para pontuar os tópicos que a Nação precisa melhorar a fim de aperfeiçoar o sistema. Eles alertaram sobre as muitas fragilidades dos órgãos públicos do Brasil, onde perceberam medidas quase inexistentes contra práticas internas de desvios de conduta. Isso propicia uma cultura ou ambiente favorável a ilicitudes. Tais atos precisam ser escancarados para de fato haver uma mudança da realidade.

 

O levantamento alerta os servidores públicos, gestores e sociedade em geral sobre os efeitos nocivos da ausência de mecanismos eficazes no sentido de combate à corrupção. Esses métodos precisam ser aperfeiçoados, ainda mais que seus reflexos interferem na vida das pessoas que dependem do Estado. O objetivo de várias organizações de controle que estão participando de forma ativa deste trabalho é demonstrar dados de maneira transparente e trazer reflexões a respeito do problema. Além de mapear medidas que devem ser adotadas para que as instituições sejam atuantes na luta contra crimes administrativos.

 

A ACESPA vem acompanhando as pesquisas e diagnósticos trazidos pelos órgãos de controle externo, bem como tem procurado compartilhar matérias para esclarecimentos da sociedade por meio de suas mídias. Esses textos trazem informações importantes aos associados com o intuito de difundir dados e informações acerca das melhores práticas que precisam ser implantadas na administração pública. Se quiser assistir a palestra na íntegra, clique no Link: https://youtu.be/TNeNwLiAKBU

 

A ACESPA pretende fazer uma série de matérias para os próximos dias com dados, estudos e, principalmente, bons exemplos de combate à corrupção.