Tamanho original

Realizações da Gestão 2019-2020

Comunidades

 entenda como funciona o índice de isolamento social

A cada 24 horas, o relógio virtual da prefeitura marca o índice de isolamento social contabilizado pelo município no dia anterior. A divulgação faz parte do Desafio Porto Alegre, campanha do governo municipal para sensibilizar, conscientizar e engajar a população em torno do aumento do isolamento social de 55% como meta de controle do coronavírus. Além disso, a ferramenta ajuda a obter bases estatísticas para ampliar a segurança na tomada de decisões do poder público durante a pandemia. 
Para calcular a estimativa de movimentação de pessoas, a empresa InLoco, parceira no projeto, utiliza os sinais de celulares como9 referência, dividindo o mapa de Porto Alegre em centenas de pequenos núcleos com raio de 450 metros cada um. Assim, é possível verificar quantos celulares transitam de um núcleo para outro a cada dia e medir quantas pessoas circularam pelas ruas e quantas permaneceram em suas residências.
“Nossa meta mínima é 55% a cada dia, para reduzir a pressão da pandemia sobre o sistema de saúde. Precisamos contar com o apoio da população para chegarmos ao número e até superá-lo, pelo menos, por duas semanas. Atingimos a marca de 50% na terça, mas precisamos ir além”, destaca o prefeito Nelson Marchezan Júnior, que anunciou a iniciativa na última sexta-feira, 3. A meta de 55% foi estabelecida pela Secretaria Municipal de Saúde.
O sistema utilizado para medir o índice não tem custos para a prefeitura e reúne cerca de 540 mil celulares da Capital. Os dados obtidos são anônimos e têm uso meramente estatístico, com proteção das garantias e dos direitos fundamentais de privacidade dos usuários de telefonia.
“É mais uma tecnologia inovadora que o município utiliza para aprimorar a qualidade e a precisão das decisões tomadas no enfrentamento do coronavírus”, explica o diretor-geral de Estruturas e Governança de Tecnologia da Informação da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão (SMPG), Fabiano Monaiar.


Para mais informações sobre o coronavírus, clique aqui.




Fonte: prefeitura.poa.br
Texto:Gabriela Duarte
Edição : Fabiana Kloeckner