Realizações da Gestão 2019-2020

Comunidades

Acespa tem nova diretoria para o biênio 2019-2021


Em cerimônia bastante concorrida, com o salão lotado, foi empossada, na noite da terça-feira, 5 de fevereiro, na sede do Conselho Regional de Administração (CRA-RS), a diretoria da Associação dos Administradores, Atuários, Contadores, Economistas e Estatísticos do Serviço Público Municipal de Porto Alegre (Acespa) para o biênio 2019-2021.

Inicialmente, a anfitriã, presidente do Conselho Regional de Administração do RS (CRA-RS), Cláudia Abreu, falou da importância da gestão pública e agradeceu aos administradores e demais profissionais do serviço púbico que, com técnica, perseverança e planejamento, trabalham para melhorar a qualidade da cidade e demais espaços e serviços para a população.

Já o secretário municipal da Fazenda e interino da Secretaria Municipal da Transparência e Controladoria, Leonardo Busatto, que, na ocasião, representou o prefeito Nelson Marchezan, fez uma provocação à nova diretoria, sugerindo que a Acespa proponha a criação de uma carreira para gestores governamentais, composta por: administradores, atuários, contadores, economistas e estatísticos, e se colocou à disposição para contribuir com o enfrentamento desse desafio.

A presidente da Câmara Municipal de Porto Alegre, Mônica Leal, cumprimentou as diretorias anteriores e a atual diretoria, ora empossada, pelo trabalho técnico de excelência realizado pela Acespa, no serviço público municipal prestado ao cidadão. Destacou a importância da associação, acolhida em seu gabinete na semana passada, e afirmou que a entidade compreende a importância do investimento no capital humano e no trato do interesse coletivo. A vereadora se disse emocionada e declarou admiração pela dedicação e competência técnica com que os servidores exercem suas funções.



Dando início à solenidade de posse, o presidente da Acespa, Carlos Leandro Ransan, cumprimentou os companheiros de diretoria na gestão 2017-2019 pelo trabalho realizado e agradeceu a acolhida na sede do CRA-RS. A seguir, Ransan deu posse à nova diretoria que conduzirá a entidade até março de 2021, com os seguintes integrantes:



Adm. Rita de Cássia Reda Eloy – presidente
Atu. Dalvin José Gabriel de Souza – 1º vice-presidente
Adm. Eros Miguel Sadowoy Martins – 2º vice-presidente
Adm. Adriana Nunes Paltian – tesoureira
Econ. Gilda Beltrão Costa – secretária


Conselho fiscal
Titulares
Adm. Sérgio Augusto Parussini
Cont./Auditor do Controle Interno Carlos Leandro Ransan
Adm. Paulo Luis Heinen

Suplentes
Adm. Maria Amélia Garcia
Adm. Dione Borges de Carvalho
Adm. Álvaro Dion Teixeira

A solenidade contou também com as presenças do vice-presidente de Relações Institucionais do Conselho Regional de Contabilidade do RS, Celso Luft; do presidente da Associação dos Técnicos de Nível Superior do Município de Porto Alegre (Astec), Sérgio Brum; do presidente e da diretora de Comunicação Social da Associação dos Procuradores Municipais, do Município de Porto Alegre (APMPA), César Sulzbach, e Carin Prediger; do vice-presidente da Associação dos Auditores-Fiscais da Receita Municipal do Porto Alegre (Aiamu), Renan Behling; do representante da Associação dos Técnicos Científicos Aposentados de Porto Alegre (Asta), João Carlos Prates; da presidente do Centro de Estudos do Hospital de Pronto Socorro, Niúra Dri; do vereador Reginaldo Pujol e dos assessores Letícia Martins e Wagner Daitx, representando o vereador Márcio Bins Ely, além de profissionais associados à Acespa, entre eles, os ex-presidentes da entidade: adm. Ruy Pedro Baratz Ribeiro (1985-1987), adm. Adalberto Pio de Almeida (1993-1995 e 1997-1999), adm. Vera Lúcia Brock Brasil (1995-1997), adm. Jardel de Borba Cunha (1999-2001 e 2013-2015), adm. Sérgio Parussini (2001-2003), adm. Dione Borges de Carvalho (2009-2013), além do cont. Carlos Leandro Ransan (2017-2019).

Conheça os novos dirigentes da Acespa

A nova presidente, administradora, Rita de Cássia Reda Eloy, é servidora efetiva do município de Porto Alegre, detentora da classe do cargo de administradora, há cerca de 24 anos e meio, no qual exerceu diversas funções de confiança (função gratificada) – destacando-se o cargo de secretária substituta, da Secretaria Municipal de Administração, de 2005 a 2012, e de coordenadora administrativo–financeira, da Procuradoria-Geral do Município, de abril de 2013 a julho de 2014. Também idealizou e coordenou diversos projetos estratégicos, na Prefeitura de Porto Alegre, tais como: planos de carreira, reorganização estrutural, carta de serviços, ponto eletrônico, matriz de liderança para os gestores públicos da Prefeitura, 1ª capacitação da Lei de Acesso a Informação (LAI), entre outros, contribuindo para uma gestão pública mais qualificada, econômica, efetiva e transparente. É especialista em Administração e Gestão Estratégica de Pessoas, pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou, ainda, no Conselho Regional de Administração (CRA-RS), na Câmara de Gestão Pública (CGP), na condição de presidente e vice, no período de 2014 a 2017, continuando como membro da CGP, atualmente (trabalho voluntário), e, ainda, como voluntária, no Núcleo Gespública (Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização), extinto em 2018. Atualmente, exerce suas funções ligadas à auditoria de pessoal, na Secretaria Municipal de Transparência e Controladoria, e exerce a função de vice-presidente, da Comissão da Transparência (atualmente denominada Comissão Mista de Reavaliação de Informações Públicas, prevista na lei de acesso à informação).

O 1º vice-presidente, atuário, Dalvin José Gabriel de Souza, iniciou sua carreira na Prefeitura Municipal de Porto Alegre (PMPA), na Secretaria Municipal da Educação (SMED), há 24 anos. Posteriormente, pediu transferência para a Divisão de Arrecadação de Fazenda, onde atuou como chefe do Setor de Parcelamento de Débitos Tributários. Participou da implantação da Área de Atendimento da Fazenda, onde atuou na Supervisão de Atendimento. Logo após, assumiu a chefia do Corpo Técnico de Controle da Arrecadação da Fazenda, que controla toda a arrecadação bancária do município. Finalmente, prestou novo concurso, dessa vez para atuário do Previmpa. Em novembro de 2016, assumiu a chefia da Unidade de Investimentos do Previmpa.

O 2º vice-presidente, adm. Eros Miguel Sadowoy Martins, é funcionário público municipal na PMPA, há 24 anos; administrador com habilitação em comércio exterior; graduado pela Unisinos; com especialização em Gestão de Saúde, pela Faurgs. Ingressou na PMPA como servidor da Secretaria Municipal da Saúde, no Hospital de Pronto Socorro (HPS), onde atuou como assistente administrativo, nos setores de Manutenção, Documentação Médica e Estatística (SDE); gerente de contratos; diretor administrativo, além de diversas atividades de coordenação. Foi presidente da Astec (biênio 2005-2007) e conselheiro do Previmpa (biênio 2005-2007 e período 2010-2014). Atualmente, gerencia contratos de serviços terceirizados, na área de Licitações e Contratos do HPS.

A tesoureira, adm. Adriana Nunes Paltian, é funcionária da PMPA, há vinte e quatro anos; administradora da Secretaria Municipal da Fazenda (SMF); graduada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS; com curso de extensão em Direito Previdenciário pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos / Instituto de Desenvolvimento Cultural e curso de extensão em Direito Administrativo pelo Instituto de Desenvolvimento Cultural. Já trabalhou para a SMA como coordenadora do Centro de Direitos e Registros (Cedre); para o Previmpa, como diretora-geral, diretora-geral substituta e diretora administrativo-financeira. Esteve cedida para o Ministério da Previdência Social, onde atuou na Secretaria de Previdência Complementar. Foi membro do Conselho Administrativo do Previmpa (biênios 2007-2009 e 2010-2012) e do Comitê de Investimentos da Autarquia Previdenciária. Desenvolve atualmente suas atribuições na SMF, onde ocupa o cargo de superintendente adjunta do Tesouro Municipal.

A secretária, econ. Gilda Beltrão é graduada em economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Como servidora pública, atuou na Secretaria do Trabalho e Ação Social do Governo do Estado do RS e iniciou sua carreira no município de Porto Alegre no Departamento Municipal de Habitação (DEMHAB), onde exerceu cargos de chefia de diversas unidades, como Registros Funcionais, Controle Orçamentário e Licitações, entre outros. Também atuou na elaboração do orçamento do órgão. Atualmente, está aposentada.

Plano de Ação da Gestão 2019-2021
1)      Fortalecer institucionalmente a Acespa, de forma sistemática;
2)      Acatar as reivindicações dos seus associados e fazer análise de viabilidade técnica;
3)      Desenvolver atividades que objetivam a valorização das categorias dos seus associados;
4)      Aprimorar e atualizar os regimentos internos;
5)      Criar câmaras funcionais por atividades técnicas;
6)      Manter em estado de conservação e efetuar melhorias, quando necessários nos imóveis da Acespa, propiciando um adequado uso do espaço;
7)      Premiar anualmente os associados (aposentados e ativos);
8)      Indicar associados para a premiação dos conselhos regionais de classe;
9)      Realizar ou promover palestras, seminários e afins de interesse das categorias profissionais dos associados;
10)   Ampliar, manter e consolidar a interação com as associações de classe de nível superior, outras associações da PMPA e do Legislativo municipal, e com os demais sindicados da PMPA;
11)   Manter o bom entrosamento com o secretariado, diretores e presidentes dos órgãos da PMPA para implementação de valorização dos seus associados;
12)   Elaborar a proposta de diretrizes estratégicas e orçamento da Acespa para o biênio 2019/2021;
13)   Aprimorar a comunicação com os associados, através do site da Acespa e outros canais disponíveis, disponibilizando matérias, cursos, artigos ou divulgação de informações de interesse de seus associados;
14)   Atuar na promoção das discussões da Previdência Municipal (Previmpa) e estar atuante nas questões previdenciárias;
15)   Ampliar a gestão do conhecimento através de práticas como tecnologias da informação, site, publicações impressas, manuais de procedimentos com vistas a preservar a memória institucional e dar maior transparência dos seus atos;
16)   Rever a estrutura organizacional atual da Acespa, com vistas a atender as demandas de forma satisfatória, inclusive o quadro de funcionários com fins de aperfeiçoar os métodos e os processos administrativos internos;
17)   Rever o estatuto atual da Acespa;
18)   Estabelecer um sistema de valorização dos seus associados (estudo de um prêmio);
19)   Fazer parcerias para ampliar espaços para os seus associados usufruírem;
20)   Propor um código de ética para os associados;
21)   Elaborar um plano de divulgação/comunicação para atrair novos associados e divulgar mais as ações efetuadas pela Acespa através de informativos;
22)   Atualizar cadastro de associados;
23)   Atrair novas parcerias e novos empreendimentos, visando propiciar espaços de lazer aos associados, fora da região metropolitana;
24)   Apoiar eventos técnico-científicos de interesse da categoria e/ou quando os associados são palestrantes ou organizadores;

25)   Propiciar a formação técnica continuada, através de parcerias com universidades/conselhos/fundações, outras e órgãos de interesse.

HISTÓRICO ACESPA
Há pouco mais de 36 anos, um grupo de funcionários municipais de Porto Alegre das classes de Administradores, Contadores, Economistas e Estatísticos, sentindo a necessidade de criar uma entidade que os congregasse e os representasse nos movimentos reivindicatórios, perante as autoridades municipais, fundaram a Acespa. Depois de reuniões preparatórias, no dia 28 de outubro de 1982 (Dia do Funcionário Público), nasceu a Acespa. Naquela época, era proibida a sindicalização de funcionários públicos, portanto, a criação de uma associação era a saída para defender a classe.
Ao longo de sua história, e, em parceria com as demais associações de municipários, a Acespa obteve sucessos na política salarial, que trouxeram benefícios não somente aos seus associados, como também a outras classes de servidores municipais.
Com o foco nas discussões sobre reforma da previdência, a Acespa modificou seu estatuto e agregou ao seu quadro social a classe dos Atuários.
No decorrer dos anos, a entidade apresentou um crescimento patrimonial bastante interessante, constituído da sede própria no Centro Histórico da Capital e de dois apartamentos em Gramado. Estes são disponibilizados para seus associados, com períodos de locação a preços especiais.
A associação oferece também convênios nas áreas de seguro de vida, assistência odontológica e atendimento médico de emergência, numa parceria de aproximadamente 25 anos com a Pégasus Corretora.
A Acespa vem mantendo e solidificando a parceria com as demais associações e sindicatos de servidores municipais, para fortalecer a defesa de interesses comuns ante as autoridades municipais.



Discurso de posse da presidenta eleita, Rita de Cássia Reda Eloy
ILUSTRÍSSIMAS SENHORAS E ILUSTRÍSSIMOS SENHORES, presidenta do Conselho Regional de Administração, sra. Cláudia Abreu; presidenta da Câmara dos Vereadores, sra. Mônica Leal; secretário municipal da Fazenda e da Transparência e Controladoria, sr. Leonardo Busatto; presidentes das associações, ora nominados pelo cerimonial e demais conselhos de classe aqui presentes; convidados e associados da Acespa, boa noite!

Inicialmente, gostaria de agradecer:
- À presidenta do CRA-RS, adm. Cláudia, que nos acolheu prontamente, junto com sua equipe, em nossa sede dos administradores;

- À presidenta Mônica, por ter nos recebido sempre prontamente, buscando a harmonização e diálogo, junto aos associados da Acespa;
- Aos meus colegas de chapa, ora eleitos, bem como os votos e a confiança dos demais associados da Acespa, em especial, do presidente Carlos Leandro Ransan, que há alguns meses me convidou para que me candidatasse, constituindo uma chapa - ou jornada, como gosto de mencionar - com o intuito de assumir a nova direção da Acespa, junto com meus parceiros. Ao ser chamada a este compromisso, houve muita reflexão por saber da responsabilidade de assumir uma associação com tanto valor agregado, que se dedica há 36 anos e meio (criada em 28.10.1982), em prol da defesa de seus associados, e que visa ser uma referência técnica nos campos administrativo, financeiro, contábil, econômico, estatístico e atuarial, dos quais se compõe a formação técnica destes associados. Além do compromisso assumido por mim, também houve um chamamento aos meus colegas de chapa e que compõem a nova diretoria que são: o atuário Dalvin, os administradores Adriana e Eros e a economista Gilda e demais conselheiros, para assumirmos juntos este compromisso com a nossa associação e darmos a nossa contribuição, pois é um trabalho voluntário.  Todos nós, profissionais, servidores públicos, de formações acadêmicas multidisciplinares e complementares é que fazemos a riqueza desta associação, junto com outros colegas de associações e profissionais de outras formações, como os procuradores municipais, engenheiros e arquitetos,  por exemplo.

Logo, eu e meus parceiros de mandato pretendemos dedicar a nossa gestão à defesa dos nossos associados, para que possam se sentir reconhecidos e valorizados, e, dessa forma, possamos prestar cada vez mais um serviço de excelência para os cidadãos do Município de Porto Alegre.

Oportuno destacar que a Acespa possui um quadro técnico altamente qualificado - mas sempre procura, ouvir e interagir, de forma agregadora e respeitosa, com outras associações e sindicatos do Município (que, inclusive, estão aqui presentes, nesta cerimônia), em prol de preservar, aprimorar e propor melhorias na gestão de pessoas, representadas pelos diversos segmentos de sua atuação e representados por diversos órgãos municipais. Órgãos públicos estes nos quais esses colegas e associados da Acespa prestam serviço de qualidade, tanto em nível interno de suas repartições, quanto externo. Nós, servidores públicos, ora associados da Acespa, sempre que chamados a colaborar para a melhoria da gestão pública, contribuímos de forma efetiva, e nos comprometemos a continuar contribuindo para que se preste, cada vez mais, serviços de qualidade. Não por acaso, diversos ex-presidentes da Acespa, aqui presentes, como o Rui Baratz, a Dione, o Jardel, o Adalberto e a Vera Brasil, assim como demais membros das antigas diretorias e seus associados, já ocuparam e ocupam postos-chave na Prefeitura Municipal de Porto Alegre, em segmentos importantes, como nas secretarias de Administração, Planejamento, Orçamento, Fazenda, Transparência etc. Sobre esse aspecto, cabe destacar que os associados da Acespa, coordenaram e colaboraram em projetos estratégicos, em diferentes gestões, como participação em estudos e elaboração de planos de carreira, estatuto do servidor municipal, estudos de reorganização administrativa e estrutural, estudos de viabilidade econômico-financeira de projetos, estudos da lei de responsabilidade municipal e fiscal e estudos acerca da correção do “efeito cascata”, entre outros. Sendo que este último (“efeito cascata”) contou com uma grande contribuição do Atuário Dalvin, membro da nova diretoria da Acespa, ora empossada. Logo, a Acespa, é uma associação que contribui para melhorias administrativas ou melhorias de processos de trabalho internos da Prefeitura.

Desta forma, a atual conjuntura de nosso País provocará muitas discussões de temas de relevância que afetam e afetaram nossas vidas diretamente, como servidores públicos e cidadãos. Sabemos da necessidade de mudanças e da importância de se efetuar uma gestão pública cada mais técnica, eficaz e efetiva, com profissionais atualizados para atender aos anseios da Sociedade cada vez mais exigente e que quer celeridade nos serviços prestados.

Atualmente, vivemos um momento de incertezas e de grandes desafios no setor público, com novos paradigmas, mas, a atual diretoria da Acespa pretende contribuir com seu capital intelectual trazendo essas questões para debate e não se abstendo desta discussão, inclusive. Pretendemos que tais discussões ou matérias afetas à gestão pública, como a questão da previdência e outras, sejam tratadas de forma imparcial e qualificada, trazendo conhecimento agregado de seus associados. Contaremos, ainda, com os parceiros de outras entidades para tais debates. Oportuno, também, tratar da importância da valorização devida aos servidores que agregam valor institucional, e que muito já contribuíram para projetos que provocaram melhorias e que produziram ganhos institucionais e econômicos para o Município de Porto Alegre. Ganhos estes que se perpetuaram em diversas gestões, resultando na racionalização administrativa e agilidade nos processos de trabalho, como por exemplo a implantação do SEI (Sistema Eletrônico de Informações), que trazem agilização de processos para desburocratização e reduzem custos. Muito se reduziram custos, com tais projetos, entre outros, como a implantação do Dopa (Diário Oficial do Município de Porto Alegre) eletrônico, sem que fossem necessários cortes de pessoal.

Logo, muitos são os desafios a serem enfrentados, pelos servidores públicos, que coordenam vários projetos estratégicos, pois, não se faz uma gestão pública eficaz sem um quadro de profissionais altamente qualificados e atualizados, para enfrentar tais desafios. Nosso compromisso, no entanto, como servidor público é com a Cidade. Precisamos e precisaremos construir espaços para debater temas relevantes que nos afetam, mas buscaremos fazer a nossa parte, trazendo espaços de discussão e de diálogos produtivos e respeitosos para construções consensuais, aonde a nossa opinião técnica seja valorizada. Logo, buscamos e buscaremos a construção, como servidores públicos e cidadãos, que somos, de uma sociedade mais justa (embora sabedores de que é muita pretensão) e melhor, sendo que a nova diretoria da Acespa se compromete a se empenhar para trazer propostas e auxílio neste sentido. Por esse entendimento, a Acespa, que é uma associação composta de Administradores, Contadores, Economistas, Atuários e Estatísticos, continuará à frente de discussões de relevância para o funcionalismo e para a sociedade, pois entendemos que temos muito valor técnico para contribuir. Pretendemos fazer uma gestão participativa, ética, responsável e transparente, respeitando as diferenças de opinião, e buscando o consenso e a harmonia institucional.

Nos comprometemos a dar o nosso melhor, nos dedicando a nossa associação com afinco, usando, para tanto, nossos conhecimentos multidisciplinares, bem como procurando trazer novos conhecimentos e informações acerca de assuntos ligados a interesses do funcionalismo e das entidades de classe que nos representam, procurando sempre difundir “boas práticas” de gestão de conhecimento compartilhado.

Tenho certeza de que contaremos com o apoio dos nossos colegas de outras associações e sindicatos, aqui presentes, bem como com o apoio de outras esferas governamentais (já nominadas pelo cerimonial), para a construção de soluções de projetos de matéria de interesse dos associados, de forma a lembrar sempre que estamos aqui, nós servidores públicos, para fazer o nosso trabalho em prol da sociedade, mas também buscando o nosso devido, respeito, valorização e reconhecimento.

Para encerrar meu discurso, gostaria de ler a Oração do Administrador, a qual nunca tive oportunidade de ler em público, mas, que talvez alguns dos senhores aqui presentes conheçam e que vem ao encontro do momento que estamos vivenciando:

“MEU SENHOR, DIANTE DAS ORGANIZAÇÕES DEVO TER TOTAL CONSCIÊNCIA DAS MINHAS RESPONSABILIDADES, COMO ADMINISTRADOR

RECONHEÇO MINHAS LIMITAÇÕES, MAS HUMILDEMENTE, JUNTO COM MEUS COMPANHEIROS DE TRABALHO BUSCAREI O CONSENSO PARA ALCANÇAR A SOLUÇÃO E TORNAR O TRABALHO, MENOS PENOSO E MAIS PRODUTIVO

SENHOR, DESPIDO DE EGOÍSMO, QUERO CRESCER, FAZENDO CRESCER, TAMBÉM, OS QUE ME CERCAM E QUE SÃO A RAZÃO DA MINHA ESCOLHA PROFISSIONAL

SENHOR, ADMINISTRE MEU CORAÇÃO PARA QUE ELE SIGA O CAMINHO DO BEM, POIS A MIM CABERÁ REALIZAR OBRAS SADIAS

PARA TORNAR AS ORGANIZAÇÕES CADA VEZ MELHORES E MAIS HUMANAS.”

(Autor: adm. Rui Ribeiro de Araújo)


Muito obrigada a todos!


Adm. Rita de Cássia Reda Eloy


Veja fotos da posse gestão 2019-2021 aqui: https://photos.app.goo.gl/hezWRqHfPaHNFG6P7




Texto e fotos: Ruvana De Carli/CarliCom