Tamanho original

Realizações da Gestão 2019-2020

Comunidades

Municipários de Porto Alegre continuam em greve


Em uma assembleia geral com mais de 1.500 municipários de Porto Alegre, realizada na manhã dessa quarta-feira (4), no Largo Zumbi dos Palmares, a categoria rejeitou a proposta apresentada pelo governo, que prevê apenas a reposição da inflação (6,28%) e decidiu pela continuidade da greve. Também foi aprovada uma contraproposta para negociação, com os seguintes itens: reposição da inflação integral com percentual de avanço na recuperação das perdas salariais; recomposição salarial dos padrões II e III, a contar de 1º de janeiro de 2014, de acordo com o salário mínimo nacional; reajuste do vale-alimentação acima da inflação; participação imediata dos municipários na comissão paritária do plano de carreira; implementação de um plano de saúde num prazo de 120 dias; uma política de isonomia salarial; implementação do máximo de 12 plantões mensais; uma política governamental de combate ao assédio moral e de implementação da legislação vigente; negociação das pautas especificas; abono dos dias de greve da saúde no ano de 2011, já descontado; abono dos dias de greve da campanha salarial de 2014, com a garantia da efetividade.
Além da agenda de mobilização, foi marcada uma nova assembleia da categoria para o dia 06 de junho (sexta-feira), às 14h, novamente no Largo Zumbri dos Palmares.
O Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa) fez a entrega da contrataposta aprovada à coordenadora do Comitê de Política Salarial da Prefeitura, ainda no início da tarde e espera que o governo marque uma reunião antes da assembleia.

DIA DE COMBATE AO ASSÉDIO MORAL
Dentro da mobilização de greve, o Simpa realizou durante todo o dia de hoje, protesto contra o assédio moral, com faixas e adesivos. Após a assembleia, os municipários saíram em caminhada até a sede da Secretaria Municipal de Saúde, onde entregaram um “troféu” destinado ao secretário Carlos Casartelli, considerado campeão de assédio moral na administração municipal. Depois, o grupo seguiu em uma imensa caminhada pelas ruas do Centro, até o Paço Municipal, onde foram realizadas novas manifestações de denúncias de assédio moral na Prefeitura.

TRANSBORDO
O fechamento do transbordo manteve-se durante todo o dia, recebendo o reforço de municipários de diversos setores. O setor de leitura do DMAE também está fechado, assim como outros serviços estão em contingência para marcar o movimento de greve: 156, patrimônio, atendimento nas unidades de saúde e nas diversas secretarias. Nas escolas, a adesão é de quase 100%. O Conselho Tutelar também manifestou sua participação na greve, que também conta com o apoio da guarda municipal.

Foto: Aline Costa

AGENDA DE MOBILIZAÇÃO
05/junho (quinta-feira)
7h – Atos dos Municipários: no DMAE Princesa Isabel, no HPS e no Transbordo
12h – Almoço e Arraial dos Municipários, no Paço Municipal
06/junho (sexta-feira)
9h – Ato dos Municipários no Paço Municipal
14h – ASSEMBLEIA GERAL DOS MUNICIPÁRIOS, no Largo Zumbi dos Palmares

Assessoria de Imprensa – Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa)
51| 3228.2325 – 82272670
Diretora de Comunicação:
Carmen Padilha - 81270018
Direção Geral do Simpa:
Solange Corrêa – 91049890
Débora Carvalho Xavier – 97002417
Silvana Conti – 81339966